Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2016

Resumo da História de Roma: Império

Imagem
Estátua de Augusto, o primeiro imperador.
Antes de começar este texto, gostaria de fazer duas observações. Primeiro, não deixem de ler os resumos já publicados sobre a Monarquia e a República Romana. Eles ajudam a complementar este texto, e podem ser acessados nos banners abaixo:



Segundo, vamos delimitar o ano de 476, quando ocorre a queda do Império Romano do Ocidente, como nossa linha de chegada neste texto, mesmo que seja uma linha simbólica. O Império Romano do Oriente manteve-se firme até 1453, e trataremos dele em outra oportunidade.

Conforme citamos no texto sobre a República, cada vez mais os patrícios eram empossados como Ditadores, visando livrar Roma de uma revolta ou aumentar os territórios conquistados. A figura do Ditador servia para ajeitar as pendências, principalmente quando o Senado — e suas várias opiniões divergentes — se mostrava pouco dinâmico em decisões fundamentais para Roma.

Mas para evitar este acúmulo de poder em apenas uma pessoa, criou-se a figura do Triunvir…

Resumo da História de Roma: República

Imagem
Senado Romano
Antes de começar este texto, que tal ler sobre a primeira fase da História da Roma Antiga? É só clicar no banner abaixo:


A revolta dos patrícios que acabou com o sistema monárquico de Roma em 509 a.C. — citada no final do nosso resumo sobre a monarquia romana — iniciou o período que ficou conhecido como a República — ou “Res Pvblica”, em latim — e durou até 27 a.C., quando uma guerra civil foi o estopim para a criação do Império Romano.

A República foi um período de imensas conquistas territoriais de Roma, promovidas pelas legiões, que avançavam com facilidade sobre os povos vizinhos, acostumados a lutar mas sem preparo para encarar um exército muito bem organizado para a época.

É bom citar que o exército romano inicialmente foi concebido para a defesa, mas com o tempo e a expansão populacional, foi necessário lutar pelas terras próximas, atrás de espaço para a produção de alimentos e a influência sobre mercados externos.

São desta época as Guerras Púnicas, série de conflitos…

Resumo da História de Roma: Monarquia

Imagem
Rômulo e Remo
Segundo a lenda, Roma foi fundada pelos irmãos Rômulo e Remo no ano 753 a.C. Esta mesma lenda informa que os dois eram filhos da princesa Reia Silvia, filha do rei de Alba Longa, uma cidade às margens do rio Tibre.

O tio de Reia destronou o próprio irmão e mandou matar todos seus sobrinhos. Reia ainda não era casada, nem tinha filhos, por isso foi obrigada a virar uma Virgem Vestal, título dado às sacerdotisas dedicadas à deusa Vesta e, como o próprio nome sugere, uma pessoa proibida, pelo compromisso religioso, de ter relações sexuais.

Mas Reia acabou grávida do deus Marte — deuses nesta época não respeitavam muito esse negócio de virgindade, Zeus que o diga… — e em 771 a.C. nasceram os gêmeos Rômulo e Remo. Ao saber deste nascimento, Amúlio — o tio de Reia — mandou jogar as crianças no rio Tibre. O cesto onde estavam os garotos encalhou próximo onde hoje é a cidade de Roma, entre os montes Palatino e Aventino. Encontrados por uma loba, que os amamentou, os garotos milagro…

Os Lanceiros Negros da Revolução Farroupilha

Imagem
O maior conflito armado ocorrido em território brasileiro teve participação fundamental de um grupo de pessoas que, na época, jamais imaginariam que seriam tão importantes no conflito, tanto no desenrolar quanto na conclusão.

Os lanceiros negros, grupamento do exército farroupilha formado por escravos convocados para lutar ao lado dos revoltosos, desempenhou um importante papel durante os 10 anos da Revolução Farroupilha.

Escravos libertos (ou nem tanto) para lutar pelo Rio Grande!A Revolução Farroupilha teve início principalmente pela revolta dos estancieiros gaúchos, descontentes com a política implantada pelo Império Brasileiro, que desfavorecia a produção e comercialização do charque e do couro gaúchos, enquanto favorecia a produção de nossos hermanos, pois o Império preferia comprar este produto na região do Prata.

Vários destes estancieiros usavam mão-de-obra escrava em suas fazendas. Ao aderir a revolta, o estancieiro convocava seus escravos para lutar ao seu lado, engrossando as …