Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2020

Escola de Sagres: Lenda ou Realidade?

Imagem
Quando falamos dos grandes descobrimentos marítimos europeus do início da Idade Moderna, alguém sempre cita a Escola de Sagres , instituição que teria sido fundada pelo infante d. Henrique ainda no século XV e que foi a principal responsável pelo sucesso português nas navegações e descobrimentos da época. Mas a escola realmente existiu? Lenda ou Realidade? Em 1443 o infante d. Henrique pediu a seu irmão, d. Pedro — que era o regente português na época (e por favor não confundam com o d. Pedro que foi imperador do Brasil alguns séculos depois) — a permissão para fundar uma vila na região de Sagres. Na época Sagres era uma área inóspita, pouco povoada, mas sua localização geográfica era (e ainda é) perfeita para a instalação de um porto, pois fica bem ao sul de Portugal e de cara para o Atlântico. D. Henrique realmente fundou a vila, mas não existe qualquer menção a uma “escola náutica” no local. O que existe é a intenção do infante, explícita em uma carta de 1460, em fazer com que

A Guerra Civil Espanhola

Imagem
Quadro "Guernica", do genial Pablo Picasso Um dos conflitos mais sangrentos do século XX contou com parte dos ingredientes da Segunda Guerra Mundial e também serviu de treinamento para as forças armadas da Alemanha e da Itália. A Guerra Civil Espanhola deixou mais de 500 mil mortos e uma ditadura no poder que durou de 1939 a 1975. Mas antes de falar do conflito em si, vamos tentar entender como a Espanha chegou a este ponto? Vamos lá. Espanha: país rico no passado, mas o ouro escorreu pelos dedos Pioneira das grandes navegações iniciadas nos séculos XV e XVI, a Espanha manteve por muito tempo diversas colônias, principalmente na América e na África. Mas com o passar dos anos estas colônias, principalmente as americanas, foram lutando cada uma pela sua independência e a Espanha foi perdendo espaço enquanto Metrópole, além de não conseguir manter tanta influência econômica nestes países que nasceram a partir de suas colônias. Culpa, em grande parte, da Inglaterra, dos EUA e a